REVISTA ELETRÔNICA DE JORNALISMO CIENTÍFICO
Dossiê Anteriores Notícias Reportagens Especiais HumorComCiência Quem Somos
Dossi
Editorial
O cerrado e os frutos da infância* - Carlos Vogt
Reportagens
As celebrações de vida e de morte
Carolina Medeiros
A vida em busca da convivência possível
Gustavo Steffen de Almeida
De onde viemos? A origem mitológica da vida no mundo
Juan Mattheus
A evolução não é uma escada rumo ao progresso
Tássia Biazon
Singularidade: como as máquinas vão dominar a humanidade no futuro
Tiago Alcantara
Artigos
A involução da vida do ponto de vista de um homem comum que julga o envelhecimento uma crueldade
Sergio Albergaria
Em paz com vida. Pequeno ideário
Carlos Rodrigues Brandão
Vida como metáfora
Marcia Tiburi
O mundo além das prateleiras
Matheus Pichonelli
Spinoza: reflexões sobre a vida e a morte
Roberto Romano
Resenha
Life in a day
Tamires Salazar
Entrevista
Poema
Permanência
Carlos Vogt
    Versão para impressão       Enviar por email       Compartilhar no Twitter       Compartilhar no Facebook
Poema
Permanência
Por Carlos Vogt
10/12/2016

Passado a limpo

o tempo resta

com duas datas

a da chegada

e a da partida

todos os outros dias

pertencem à felicidade

de estar entre elas

como a própria vida