Arquivo da categoria: reportagem

Legalidade ou ilegalidade de uma substância não tem relação direta com perigo que oferece

Por Tássia Biazon e Paulo Muzio

Ao mesmo tempo, lícitas ou ilegais, todas as drogas psicoativas podem causar danos. Tanto a maconha quanto o álcool podem provocar efeitos nocivos à saúde, em especial se o consumo ocorre na adolescência, aponta psiquiatra da USP. Continue lendo Legalidade ou ilegalidade de uma substância não tem relação direta com perigo que oferece

Foram os cogumelos motores da evolução humana?

Por Gustavo Almeida

Para o etnobotânico Terence McKenna, o consumo habitual de fungos causou um salto evolutivo sem precedentes na espécie humana, propiciando o aumento do cérebro e diferenciando-nos de outros grupos de primatas em um prazo muito mais curto do que o teoricamente necessário. A linguagem teria surgido daí, além dos primeiros rituais tribais, a intensificação do senso de comunidade e o surgimento das religiões primitivas. Para além da tese polêmica, avançam os estudos sobre os variados efeitos e potenciais usos terapêuticos de substâncias enteógenas ou psicodélicas. Continue lendo Foram os cogumelos motores da evolução humana?

Ayahuasca: perspectivas terapêuticas em estudo

Por Fabiana Ribeiro e Janaína Quitério

Agora, no final de abril, em Oakland-Califórnia, acontece a Psychedelic Science, que reunirá pesquisadores para discutir e compartilhar, no campo multidisciplinar, suas investigações recentes sobre os riscos e benefícios de diferentes substâncias psicoativas para usos terapêuticos, científicos e espirituais. Os efeitos em curto e em longo prazos da ayahuasca com relação à qualidade de vida, bem-estar, saúde, dependências de substâncias etc. ocupam quase a metade da sessão sobre plantas medicinais do evento, evidenciando, mais uma vez, o boom que tem se verificado nesse campo de pesquisa. Continue lendo Ayahuasca: perspectivas terapêuticas em estudo

Canabidiol, uma “droga” com efeitos medicinais

Por Carolina Medeiros                       

O canabidiol (CBD) é um medicamento feito a partir da planta da maconha, Cannabis sativa, que atua no sistema nervoso central, ajudando a tratar doenças psiquiátricas ou neurodegenerativas, como esquizofrenia, mal de Parkinson, epilepsia ou ansiedade. Feito a partir de substâncias selecionadas da planta, o remédio não causa vício, dependência ou alterações psicológicas e, por isso, pode ser utilizado de forma segura durante os tratamentos. Continue lendo Canabidiol, uma “droga” com efeitos medicinais

Maconha como remédio? Pesquisadores explicam para que serve a substância canabidiol

Por Juan Mattheus Costa

Percepção de que a planta produz substâncias e efeitos diferentes entre si precisa ser de entendimento da população, apontam cientistas. Continue lendo Maconha como remédio? Pesquisadores explicam para que serve a substância canabidiol

Notícias falsas: a pós-verdade e as redes sociais

Por Sarah Schmidt

Não à toa, os holofotes se voltaram para a questão das fake news após as eleições norte-americanas de 2016, quando o magnata Donald Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos e um grande volume de boatos e notícias falsas foram relatados pela mídia.

Continue lendo Notícias falsas: a pós-verdade e as redes sociais

Coronelismo eletrônico ignora Constituição e distorce a democracia no Brasil

Por Carolina Medeiros e Graziele Souza

O próprio Supremo Tribunal Federal, chamado guardião das normas constitucionais, já confirmou que o artigo 54 proíbe claramente deputados e senadores de serem sócios de pessoas jurídicas titulares de concessão, permissão ou autorização de radiodifusão. Hoje mais de 270 deputados e senadores controlam cerca de 350 emissoras. Continue lendo Coronelismo eletrônico ignora Constituição e distorce a democracia no Brasil

A era da (des)informação

Por Tássia Biazon

A internet mudou a dinâmica da transmissão de informações, e mais facilmente fatos se misturam com meias-verdades e inverdades, já que é um ambiente em que qualquer pessoa tem capacidade de produzir, acessar ou difundir uma heterogeneidade de informações. O que, de um lado, oferece maior democratização do conhecimento, por outro, facilita a disseminação do equívoco. Continue lendo A era da (des)informação

Cultura e biologia influenciam gênero, mas é a ética que deve impulsionar debate

Por Tássia Biazon e Gustavo Almeida

A definição de gênero é muito vasta e complexa. O termo aborda as diferenças entre sexos e busca entender as relações sociais entre homens, mulheres e as pessoas que rejeitam essa dicotomia. Ao longo dos anos, diversas concepções foram se consolidando, como a apresentada no texto “Gênero: uma categoria útil de análise histórica” (1995), da historiadora Joan Wallach Scott, que define o gênero como uma categoria social imposta sobre um corpo sexuado. Continue lendo Cultura e biologia influenciam gênero, mas é a ética que deve impulsionar debate