Arquivo da categoria: reportagem

Origem e destino: migrantes sofrem violência em todas as pontas da jornada

Por Ruam Oliveira

De acordo com relatório da Secretaria Nacional de Justiça, até o início de 2017, o Brasil tinha reconhecido 9.552 pessoas em situação de refúgio vindas de 82 países – um número bastante pequeno perto do total de pedidos. Só em 2016 foram mais de 28 mil solicitações. Fugindo de situações adversas em seus países, nem sempre encontram um lugar melhor para viver. Continue lendo Origem e destino: migrantes sofrem violência em todas as pontas da jornada

Violência psicológica tem difícil diagnóstico e causa danos graves

Por Paula Drummond de Castro e Cristiane Bergamini

Uma forma de ataque que afeta principalmente as mulheres, não deixa marcas físicas, e é devastadora para a saúde mental e até para a economia Continue lendo Violência psicológica tem difícil diagnóstico e causa danos graves

A indústria dos games no divã: a polêmica da violência

Por Allison Almeida, Erica Mariosa e Graciele Almeida de Oliveira

A violência advém de inúmeros outros fatores, como a desigualdade social. Em casos específicos, o videogame pode ser um gatilho para a violência, mas esse gatilho poderia ser disparado por qualquer outro produto da indústria cultural, pois envolvem indivíduos com histórico de transtornos ocasionados geralmente por relações não saudáveis com familiares e pessoas ao redor. Continue lendo A indústria dos games no divã: a polêmica da violência

Fast tracking: velocidade para levar conhecimento científico a público

Por Carolina Medeiros

Método que potencializa o acesso às informações permite rápida visibilidade a artigos que apresentam grande contribuição à sua área, e que tenham implicações práticas imediatas ou urgentes. É possível que em 72 horas a pesquisa já esteja publicada. Continue lendo Fast tracking: velocidade para levar conhecimento científico a público

O outro lado da maratona científica: depressão, fraudes e más condutas

Por Allison Almeida

Um dos personagens centrais do clássico Alice no país das maravilhas, do britânico Lewis Carrol, é um antropomórfico coelho branco. Interminavelmente atarefado, a peculiar figura introduz a menina Alice, a protagonista da história, num mundo fantástico de infinitas possibilidades, mas nunca tem tempo para explicar-lhe sobre os prodígios e os perigos desse universo, pois está sempre atrasado para inúmeros compromissos. Continue lendo O outro lado da maratona científica: depressão, fraudes e más condutas

Harmonia inusitada na Antártida: pesquisa avança na combinação entre ritmos naturais e humanos

Por Sarah Azoubel Lima

Se em outros campos de estudo a corrida desenfreada para ser o primeiro é o que comanda o ritmo das pesquisas, no caso do continente gelado o essencial é a colaboração . Continue lendo Harmonia inusitada na Antártida: pesquisa avança na combinação entre ritmos naturais e humanos

Políticas públicas e financiamento guiam a orientação de periódicos para acesso aberto ou fechado

Por Graciele Almeida de Oliveira

O grande número de revistas com open access no Brasil não significa que não haja dificuldades da manutenção do sistema. Além da falta de políticas públicas, o sistema enfrenta outras dificuldades, como o pequeno número de revistas com alto fator de impacto nas diferentes áreas do conhecimento – um problema frente às exigências apresentadas pelas agências de fomento para a premiação na carreira do pesquisador e obtenção de financiamento. Continue lendo Políticas públicas e financiamento guiam a orientação de periódicos para acesso aberto ou fechado

Movimento estético multifacetado, afrofuturismo busca “ocupar o futuro”

Por Lula Pinto

Moda, música, arquitetura, artes visuais e cinema são algumas das linguagens usadas por uma miríade de artistas a partir da década de 1960. A escritora Octavia Butler notabilizou-se por roteiros nos quais ficção científica, fantasia e realismo mágico servem de anteparo lúdico a uma crítica à discriminação racial. De seus 15 livros, nenhum foi editado no Brasil. Continue lendo Movimento estético multifacetado, afrofuturismo busca “ocupar o futuro”