Clique aqui para acessar todo conteúdo do dossiê Luto

Dossiê 237 – Julho e Agosto de 2022

Este dossiê foi produzido no contexto da Oficina de Jornalismo II do curso de especialização em jornalismo científico do Labjor-Unicamp por iniciativa e sob a coordenação dos professores Rafael Evangelista, autor de Para além das máquinas de adorável graça: Cultura hacker, cibernética e democracia e membro do comitê editorial da revista ComCiência, e Danilo Albergaria, autor do artigo “O eclipse de 1919 e as disputas pela ciência” (dossiê 100 anos do eclipse de Sobral, maio de 2019)

Entrevistas
Maria Júlia Kovács: ‘Estamos em luto coletivo longo, com um presidente que fala coisas que nos horrorizam’
Letícia Naísa

Ubiraci Pataxó: Viver o luto já está comum, mas a gente transformou em ‘vai nos dar força’
Dimítria Coutinho

Reportagens
Necropolítica e genocídio: política de morte em ação
Flávio Gomes-Silva e Renan Augusto Trindade

Morte na era digital: como empresas de tecnologia dão novos sentidos ao luto
Bárbara Paro, Greta Garcia e Luís Botaro

Contato rotineiro com a morte pode gerar transtornos físicos e mentais
Bianca Bosso e Ludimila Honorato

Luto não reconhecido: quando a dor da perda não é socialmente aceita
Emanuel Galdino e Fernanda Pardini Ricci

Abordar corretamente o suicídio pode evitar mortes
Fabíola Junqueira, Patricia Bellas e Bárbara Fernandes

Cemitérios tradicionais: riscos ambientais e o destino final dos corpos
Luciene Santos Telli

Artigos

Morte e luto: entre o paradigma psicológico e as representações coletivas
Hugo Ricardo Soares

Entre a obsolescência programada e a eternidade transumanista
Marta Kanashiro

Entre lutos: a questão da morte na vida do adolescente
Maria Cristina Mariante Guarnieri

Da linguística geral à filosofia da linguagem: escutando os sentidos do signo morte nos estudos da língu(a)gem
Valdemir Miotello, Camila Caracelli Scherma, Fabrício Cesar de Oliveira e Nathalia Viana da Mota

Resenha
Vida Precária – Os poderes do luto e da violência, de Judith Butler
Juliana Stern

Editorial
Polaróide
Carlos Vogt

Poema
Solução
Carlos Vogt

Charge
João Garcia