Imaginando o redondo

Por Victória Flório

A forma geométrica dessa terra que nos sustenta é redonda. Isso não tem a ver com a forma “objetiva” do mundo-considerado-um-objeto, mas com o lugar das coisas no mundo em que se habita. De maneira recorrente, quando é necessário falar do “lugar das coisas” e descrever os mundos ocupados em termos topológicos, o circular é evocado. Assim, a imagem da Terra redonda está presente em várias culturas e épocas, e muito nas culturas herdadas da antiguidade greco-latina. Continue lendo Imaginando o redondo

Roberto Romano: Privatização sem freios e populismo anti-imigração são faces da mesma moeda

Por André Gobi, Erica Mariosa e Marcos Botelho Jr.

Enquanto a primeira distribui desemprego e miséria, o segundo encontra os culpados nos imigrantes. É a receita que gerou o nazismo no século XX, e provavelmente fará renascer o fascismo no mundo, e no Brasil. O domínio capitalista gera nas massas urbanas já estabelecidas imensos exércitos de reserva e, sem emprego, o medo aumenta entre os “negativamente privilegiados”. É a hora das receitas milagrosas: na economia, a privatização enquanto remédio universal, aplicado segundo critérios do “mercado”, abstração rendosa para os que possuem a quase totalidade das riquezas. De outro lado, temos o populismo que promete o retorno “dos velhos e bons tempos” quando os brancos pobres seriam amparados e teriam emprego, perdido com o advento dos “inferiores” negros, árabes, latinos. Continue lendo Roberto Romano: Privatização sem freios e populismo anti-imigração são faces da mesma moeda

(R)Evolução [Homo] sapiens: de oprimidos a tiranos

Por Camila P. Cunha

A unificação de toda a humanidade em um globo sem barreiras ou fronteiras é a tendência, consequência das ondas imperialistas, do dinheiro e da religião e começou há 2.500 anos. Hoje, nossa união se fortalece na crença pela pesquisa científica: solução de todas as mazelas, quiçá o aquecimento global. E, na era das ciências biológicas, apoiados pelos avanços da biotecnologia e da medicina que prometem a cura de doenças, além da possibilidade de reverter os efeitos de acidentes paralisantes pelo uso de interfaces cérebro-máquina, poderemos finalmente transformar o homem mortal e imperfeito em deus: eterno e onisciente. Continue lendo (R)Evolução [Homo] sapiens: de oprimidos a tiranos

Religiões em contato: esperança de convívio, história de conflito

Por Letícia Guimarães, Cristiane Bergamini e Guilherme Rodrigues

Como já aconteceu ao longo de toda história da humanidade e nos mais diversos locais do planeta, toda diversidade gera debates, intolerância e, no limite, perseguições. A intolerância pode se manifestar das mais diversas formas, podendo ser algo sutil, passando despercebida no cotidiano, até crescer ao nível de ataques dos mais diversos tipos – verbais, físicos, destruição de ícones e locais de culto. “A depredação de qualquer natureza, não somente de templos religiosos, como também de imagens sagradas, é manifestação evidente de uma incapacidade de convívio e reconhecimento de outras possibilidades de ser”, afirma Renato Kirchner, doutor em filosofia e professor do programa de mestrado em ciências da religião na Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Continue lendo Religiões em contato: esperança de convívio, história de conflito

Pensando o amanhã: as alternativas para o futuro do planeta e da humanidade

Por Bruno de Sousa Moraes, Camila Pissolito e Guilherme Henrique Vicente

Com dados assustadores e problemas como aquecimento global, instabilidade política e superpopulação, qual o futuro da humanidade? Até quando a Terra será o lugar que chamamos de “lar”? Se o futuro não parece nada promissor, o que podemos fazer para sobreviver a ele? Continue lendo Pensando o amanhã: as alternativas para o futuro do planeta e da humanidade

Olhando para ontem: o complexo universo humano

Por Bruno de Sousa Moraes, Camila Pissolito e Guilherme Henrique Vicente

A história evolutiva e ecológica da humanidade é cheia de marcos impressionantes. Quais são nossas origens, e como elas interagem e abalam uma história muito maior do que a nossa? Continue lendo Olhando para ontem: o complexo universo humano

Informação digital, memória analógica

Por Caroline Roque e Leonardo Fernandes

Com a crescente quantidade de informações produzidas na era digital, a preservação de arquivos será um desafio. Há o risco de que boa parte dos conteúdos digitais se percam, assim como parte da história que construímos enquanto sociedade digital, afinal, incompatibilidade de formatos de gravação, arquivos corrompidos ou não encontrados e a descontinuidade de serviços de armazenamento são algumas dificuldades que centros de arquivo enfrentam. Continue lendo Informação digital, memória analógica

No princípio era o verbo: linguagem, língua e pertencimento

Por Francielly Baliana e Ruam Oliveira

Humanidade e linguagem parecem caminhar juntas. Especialistas apontam o quanto as características e a identidade de um povo estão diretamente relacionadas à forma como seus indivíduos se expressam. A língua talvez seja o maior exemplo disso. Continue lendo No princípio era o verbo: linguagem, língua e pertencimento

Técnicas recentes no estudo da evolução ajudam a esclarecer a origem do homem e a ocupação no planeta

Por Luanne Caires, Maria Letícia Bonatelli e Graciele Almeida

A origem humana sempre despertou interesse nas áreas de filosofia, ciência e religião. No entanto, entender onde surgiu o homem e como ocupou os continentes é um verdadeiro desafio e requer abordagem multidisciplinar para interpretar dados que podem ter mais de 200 mil anos Continue lendo Técnicas recentes no estudo da evolução ajudam a esclarecer a origem do homem e a ocupação no planeta

“(A)mares e ri(s)os infinitos”: a catástrofe de estar junto diante da finitude

Por Susana Dias e Sebastian Wiedemann

Aprender com os rios que não é possível recuperar uma condição original, mas fazer da nascença constante nosso modo metamórfico de viver e pensar, que não é possível reaver um território existencial que se encontraria pressuposto desde o início, nem regenerar seu caráter supostamente real e verdadeiro, mas seguir proliferando modos de existência particulares que desafiam qualquer modelo de verdade e resistam a qualquer vontade de julgamento. Continue lendo “(A)mares e ri(s)os infinitos”: a catástrofe de estar junto diante da finitude

_revista de jornalismo científico do Labjor

replica watches uk breitling replica breitling replica omega replica rolex replica watches