Arquivo da tag: Samuel Ribeiro dos Santos Neto

Pandemia aproxima a morte do cotidiano e impõe transformações ao luto

Por Mateus Bravin Lopes e Samuel Ribeiro dos Santos Neto

Imagem: Vala coletiva em Manaus. Fernando Crispim, Amazonia Real.

Diminuição no tempo de despedida, distanciamento e a iminência da morte são alguns dos novos conflitos para lidar durante a pandemia.

Continue lendo Pandemia aproxima a morte do cotidiano e impõe transformações ao luto

Os atletas refugiados para além das histórias de superação

Por Samuel Ribeiro dos Santos Neto

Os Jogos Olímpicos de Tóquio, recém adiados para 2021, contarão com a participação de times de atletas refugiados pela segunda vez desde os jogos Rio-2016.  A presença dos competidores ganhou espaço na imprensa e mostra uma preocupação das organizações esportivas com os problemas globais, mas essa exposição midiática também pode tornar invisíveis outros aspectos da crise migratória. Continue lendo Os atletas refugiados para além das histórias de superação

Quando os corais descolorem

Por Samuel Ribeiro dos Santos Neto
 

Os recifes de coral brasileiros têm papel fundamental na ecologia marinha e na economia, mas encontram-se ameaçados. De um lado, as mudanças climáticas, e do outro, a multiplicação de espécies invasoras. E é nas cores que os efeitos disso aparecem. Continue lendo Quando os corais descolorem

Fantasmas com sabor de sorvete: metáforas para explicar os neutrinos e suas propriedades

Por Samuel Ribeiro dos Santos Neto

Neste exato momento, há um número imenso de partículas invisíveis atravessando você, os objetos ao seu redor e o próprio planeta Terra. Chamadas neutrinos, elas se deslocam em velocidade próxima à da luz e raramente interagem com a matéria, sendo difíceis de detectar. Esses “fantasmas” ocupam hoje posição de destaque na física de partículas e podem responder questões complexas sobre o universo, como a própria origem da matéria.

Imagem: Paolo Lombardi Continue lendo Fantasmas com sabor de sorvete: metáforas para explicar os neutrinos e suas propriedades

José Paulo Florenzano: “Chegou a hora de reconhecer que a riqueza do futebol brasileiro, a sua inventividade, também se dá no campo político”.

Por Samuel Ribeiro dos Santos Neto

O que democracia tem a ver com futebol? Quem responde é José Paulo Florenzano, professor do Departamento de Antropologia da PUC São Paulo e pesquisador do futebol. Em sua carreira, navegou entre a antropologia urbana, a sociologia do esporte e a história política para entender melhor o futebol na cultura nacional. Escreveu o livro A democracia corinthiana: práticas de liberdade no futebol brasileiro, fruto de quase uma década de trabalho. Continue lendo José Paulo Florenzano: “Chegou a hora de reconhecer que a riqueza do futebol brasileiro, a sua inventividade, também se dá no campo político”.