Um debate do tipo e-books versus livros de papel, mas na Roma antiga

Por Keith Houston

Quando surgiu o “códice” como uma evolução do papiro, houve até propaganda de um poeta, Marcial (85 d.C.), em favor da novidade: “Você que deseja que meus pequenos livros o acompanhem em todos os lugares, compre estes livros. Uma mão só já basta para me segurar”. Mas a maioria pagã de Roma e a população judia do mundo antigo preferia a forma familiar do rolo. Foi a comunidade cristã que produziu com entusiasmo códices contendo os evangelhos e comentários. Continue lendo Um debate do tipo e-books versus livros de papel, mas na Roma antiga

O desafio ecológico

Por Carlos Vogt

O Brasil recua de si mesmo, briga contra si mesmo e, mais uma vez, como tem acontecido, perde para si mesmo. Seguindo, obediente, a decisão do presidente dos Estados Unidos, o presidente brasileiro ameaçou retirar o país do Acordo de Paris, voltou atrás, voltou atrás de traz, e até agora estamos sem saber de que lado do círculo de indecisões estamos. Continue lendo O desafio ecológico

Paleoclimatologia busca desvendar o passado das mudanças climáticas

Por Tatiana Jorgetti Fernandes

Foi investigando o clima do passado que o cientista Wallace Broecker percebeu indícios da mudança climática provocada pelo homem. Broecker foi responsável pela primeira publicação científica em que aparece o termo ‘aquecimento global’, em 1975. Continue lendo Paleoclimatologia busca desvendar o passado das mudanças climáticas

Dar voz à mentira não é imparcialidade, é irresponsabilidade

Por Herton Escobar

O trabalho do jornalista não pode se resumir ao de um mero interlocutor acéfalo; um reprodutor de declarações que simplesmente ouve o que cada lado tem a dizer para depois escrever: Fulano disse isso, Ciclano disse aquilo, sem qualquer tipo de triagem ou checagem da veracidade — ou, pelo menos, da plausibilidade — daquilo que está sendo dito. Para isso já existe a internet e o WhatsApp. Continue lendo Dar voz à mentira não é imparcialidade, é irresponsabilidade

Quem foi que disse? Consenso e evidências são mais confiáveis que indivíduos

Por Laura Segovia Tercic

Por que confiar nos cientistas quando eles dizem que as mudanças climáticas irão mudar o mundo como o conhecemos e gerar crises e sofrimento? Livro de Naomi Oreskes, professora de história da ciência em Harvard, faz a pergunta fundamental de nossos dias.

Continue lendo Quem foi que disse? Consenso e evidências são mais confiáveis que indivíduos

_revista de jornalismo científico do Labjor

replica watches uk breitling replica breitling replica omega replica rolex replica watches