Arquivo da categoria: artigo

Resistência a antibióticos e as superbactérias

Por Laura Maria Andrade de Oliveira e Tatiana de Castro Abreu Pinto

Bactérias resistentes a antibióticos, também conhecidas como superbactérias, representam atualmente uma das principais ameaças à saúde pública mundial. Infecções por essas bactérias estão se tornando cada vez mais comuns e algumas delas são resistentes a praticamente todos os antibióticos existentes. Ao mesmo tempo, a velocidade com que os cientistas descobrem novos antibióticos vem sendo cada vez mais lenta. Nesse cenário, a Organização Mundial de Saúde estima que, se nada for feito para controlar essas superbactérias, até 2050 elas serão responsáveis por cerca de 10 milhões de mortes por ano no mundo, tornando-se mais letais que o câncer. Continue lendo Resistência a antibióticos e as superbactérias

O microbioma das plantas: o poder do exército invisível

Por Rodrigo Mendes

À medida que pesquisas revelam a composição e funções dos microbiomas das plantas, surgem algumas perguntas intrigantes como: até que ponto as plantas dependem dos microbiomas para sobreviverem? Como era a relação entre as plantas e o microbioma muito antes de domesticarmos e cultivarmos as plantas em grandes monoculturas e em sistemas de produção intensivos? Para atacarmos estas perguntas, propusemos a abordagem chamada “Back to the roots”, na qual investigamos ancestrais das plantas cultivadas e comparamos com cultivares modernos dessas mesmas espécies para avaliar o impacto da domesticação e do melhoramento genético no microbioma, já que esse aspecto foi negligenciado. Continue lendo O microbioma das plantas: o poder do exército invisível

Microrganismos: nossas fábricas microscópicas

Danielle Biscaro Pedrolli e Patrick Neves Squizato

Biologistas sintéticos já vislumbram, inclusive, a construção de microfábricas completamente sintéticas, ou seja, formadas por moléculas de DNA sintéticas contendo um código sintético responsável por dirigir a síntese de proteínas sintéticas. Continue lendo Microrganismos: nossas fábricas microscópicas

Impactos da microbiota intestinal na saúde do lactente e da criança em curto e longo prazo

Por Tadeu Fernando Fernandes

A composição da microbiota intestinal do recém-nascido é influenciada por uma complexa variedade de fatores fisiológicos, culturais e ambientais incluindo tipo de parto, idade gestacional na data do parto, ambiente familiar, estilo de vida da família e higiene ambiental, dieta materna e do recém-nascido, nível do estresse materno, doenças maternas e neonatais, e uso de antibióticos durante a gravidez ou no período neonatal. Imediatamente após o nascimento, bactérias pioneiras são introduzidas no corpo do bebê e um novo ecossistema microbiano começa a ser estabelecido no intestino. Continue lendo Impactos da microbiota intestinal na saúde do lactente e da criança em curto e longo prazo

Microbiota intestinal e sua relação direta com a qualidade de vida

Renan Oliveira Corrêa e José Luís Fachi

Para manter uma boa saúde e qualidade de vida, devemos ter com a microbiota o mesmo cuidado que temos com o restante do corpo, pois ela faz parte do que nos define. Estudos mostram que determinados perfis bacterianos no intestino se relacionam, inclusive, com desordens psíquicas e psiquiátricas. Nossa relação com esse mundo microscópico que habita o corpo é tão intrínseca que recentemente passamos a enxergá-la com um “órgão esquecido”. Continue lendo Microbiota intestinal e sua relação direta com a qualidade de vida

Modernidade em domicílio: a chegada do gás na casa paulistana

Por João Luiz Maximo da Silva

No interior do espaço doméstico as contradições são evidentes, a começar pela modernidade das inovações que não são capazes de absorver o anacronismo da estrutura social. Podemos dizer que entramos na modernidade pela porta dos fundos, pela porta da cozinha. Continue lendo Modernidade em domicílio: a chegada do gás na casa paulistana

As possibilidades de pesquisa através da história da alimentação de rua

Por Rafaela Basso

A alimentação está cada vez mais em pauta nos dias de hoje. Cresce a variedade de programas de TV, tanto na rede aberta como nos canais pagos, que trazem o assunto à tona. Reality shows, competições e até mesmo os mais tradicionais formatos de programas de culinária invadem as casas dos brasileiros em horário nobre, colocando em destaque a importância do fenômeno alimentar. Isso sem contar a infinidade de oferta de livros sobre o tema nas prateleiras das livrarias, nos últimos anos, mostrando como o tema da alimentação tem caído no gosto do público brasileiro. Continue lendo As possibilidades de pesquisa através da história da alimentação de rua

Alimentação, poder e pseudociências

Por Ángel Calle Collado e Dolores Raigón

A ciência é poder, as pseudociências são crenças. Certo. E, às vezes, interesses das elites, propaganda enganosa e argumentos “científicos” também andam de mãos dadas. Entre 1998 e 2013, a biotecnologia passou a abranger a pesquisa na agricultura, aumentando de 20% para 70%. Na contramão, a agricultura ecológica decresceu nos últimos períodos analisados e nunca ultrapassou 12%. Continue lendo Alimentação, poder e pseudociências

Para não ficar raso de tanto too much, rastreie o comestível, semeie amanhãs

Por Érica Araium

Consumir, ao pé da letra, significa “destruir-se, gastar-se até a total destruição”; também “desaparecer da memória; apagar-se”… Ao avesso, alimentar: “nutrir(-se), sustentar(-se)” e, ainda, “fornecer assunto a”. De mãos dadas à etimologia e à análise do discurso, parece lógica a relação que se deve fazer entre alimentar-se o consumidor de informação para que ele sustente a si ao futuro. De mãos dadas à ciência, parece imperiosa a relação entre a pesquisa e o desenvolvimento sustentável. Rastrear o comestível será preciso. Continue lendo Para não ficar raso de tanto too much, rastreie o comestível, semeie amanhãs